quinta-feira, 14 de março de 2013

Quinze anos

Per la lettura in lingua italiana, clicca qui:  
Quindici anni


Fecho os meus olhos e vejo o teu viso,

Doce menina,
Poucas palavras e um adeus
Distante quinze anos,
Minha última memória de ti.

Eu que um dia teus lábios beijei
Que um dia teu rosto toquei
Que um dia te protegi
dos dizeres dos outros
Quinze anos e não mais te vi.

Estradas diversas
Vidas distantes
Atitudes, decisões, consequências
Quinze anos sem ti.

Se me odiaste, não pude saber
Se me amavas, eu não percebi
Mas me é clara a imagem do teu rosto
No último dia em que te vi.

Sei que rosas virão na primavera
E que folhas cairão no outono
Quisera eu porém saber
Se um dia vou te ver novamente!

Wagney Hipolito 23/01/2013
 



Um comentário: