sexta-feira, 28 de junho de 2013

Descoberta

Per la lettura in lingua italiana, clicca qui: 
La scoperta

(entre o novo e o velho mundo)

Pensei que já havia provado tudo
Em relaçao ao amor
Que todo o meu sentimento vivido
Fosse o máximo alcançável
Na verdade, hoje, somente hoje
Eu sei
Que nao muito eu sabia
Sobre esse sentimento
Era tudo teoria
Conjecturas
Era talvez uma dedicaçao
Da minha parte
Era, talvez, somente uma escolha
Um investimento
Que frutos bons me trouxe
Junto, porém, a muitas dores
Dores essas que me envelheceram
E me trouxeram conhecimento
Hoje,
Somente hoje posso entender
O que por mim passou
As dores que senti
O universo em que vivi
Era como uma escola,
Um curso
Que eu deveria frequentar
Só o futuro pode nos trazer respostas
Hoje presencio um amor diferente
Um amor que nao exige de mim esforços
Um amor sem cobranças
Um amor que nao me fere
Nao me despedaça
Nao me destrói
Um amor que me completa,
Que me preenche
Que nao me amedronta
E que me dá, sim, coragem
Para prosseguir
E fazer planos para mim e ti.
Hoje, somente hoje
Pude ter o prazer de ter a felicidade
Como companheira constante
Pode ser que tudo acabe
De repente
Somos humanos
Mas uma cicatriz
Permanecerá aos olhos de todos:
Um sorriso feliz estampado em meu rosto
Simbolizando as marcas
Da nossa felicidade.

Wagney Hipolito 25/06/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário